5 camisas icônicas na história do Corinthians

Nos dias de hoje, o Corinthians não vive um dos melhores momentos de sua história. Mesmo com uma nova gestão, que investiu na contratação de jogadores e prometeu ao seu torcedor que o clube voltaria a lutar por títulos, as altas dívidas e as grandes decepções que o clube causou ao longo desses anos faz com que, de longe, esses anos sejam um dos piores de toda a sua história.

Porém, nem tudo na história do clube é sobre sofrimento e decepções. Em 113 anos de história, por muitas vezes, alguns momentos ficaram marcados na mente do torcedor por se tratar de algo especial. A camisa que o clube utilizava na época é algo que pode ajudar o torcedor a criar essa memória tão especial, assim ela se torna “icônica”. O Notícias do Timão separou cinco modelos de camisa icônica do Coritnhians.

Confira os 5 modelos de camisa do Corinthians que são icônicas

Democracia Corinthiana (anos 80)

O movimento “Democracia Corinthiana” aconteceu durante a década de 80 e foi um dos maiores acontecimentos da história do Corinthians. Comandado pelo meia Sócrates, o movimento pregava que os atletas e funcionários da equipe pudessem expor suas opiniões políticas. Com o nome do movimento estampado na parte de trás da camisa, até hoje réplicas são comercializadas, além de ser inspiração para outros uniformes do clube.

Uniforme da conquista do Campeonato Brasileiro (1990)

Com Neto e companhia, a equipe do Corinthians conseguiu conquistar, pela primeira vez em sua história, o seu primeiro título do Campeonato Brasileiro. O meio-campista, hoje apresentador na Band, é o jogador que mais remete na memória do torcedor, quando se fala desta camisa.

Quebra de jejum do Campeonato Paulista (1977)

Mesmo com a conquista de grandes títulos na história recente, como o Mundial de Clubes, Libertadores e Campeonato Brasileiro, uma das conquistas mais lembradas pelo torcedor é a do Campeonato Paulista em 1977. Naquela ocasião, a equipe estava há 20 anos sem levantar uma taça da competição.

Primeiro Mundial de Clubes (2000)

No início do século 21, o Corinthians entrou com o pé direito ao conquistar, pela primeira vez em sua história, o Mundial de Clubes. Esse campeonato foi o primeiro que foi organizado pela FIFA. Até o momento, a equipe é um dos poucos que consegue ter mais conquistas mundiais do que Libertadores.

Primeiro ano de Ronaldo Fenômeno (2009)

A diretoria do Corinthians, no ano de 2009, surpreendeu a todos quando anunciou a contratação do centroavante Ronaldo Fenômeno. Considerado como um dos melhores da sua posição, de todos os tempos, a chegada do jogador foi essencial para alavancar ainda mais a marca do clube, no âmbito mundial.

Comentários estão fechados.