Atitude de torcedores contra Renato Augusto repercute no Brasil inteiro

O futebol é cíclico. Ou seja, os clubes nele envolvidos vivem altos e baixos, momentos bons e ruins – dentro de uma mesma temporada e/ou em um intervalo de tempo pré-definido. Em outras palavras, um time que dominava o futebol no passado, pode passar por alguns apuros nos anos seguintes. Não é uma ciência exata, mas isso é um fato do esporte mais popular do mundo.

Tanto é que o Fluminense de Fernando Diniz, que encantou o país entre 2022 e 2023, chegando à final do Mundial de Clubes na última temporada, hoje já não apresenta um futebol vistoso – e pode, até, ficar de fora da decisão do Campeonato Carioca, pela primeira vez em cinco anos.

Do céu ao inferno em menos de três meses

Renato Augusto, contratado para ser o grande maestro do Fluminense neste ano, ao lado de Paulo Henrique Ganso no meio-campo, viveu algo inusitado desde que retornou ao Brasil – em 2021, quando retornou do futebol chinês. Na verdade, dá para ampliar isso até o início da década retrasada, quando saiu do Flamengo e foi vendido ao Bayer Leverkusen.

Pela primeira vez em muito tempo, o meia saiu vaiado de campo após uma atuação bastante apática no clássico contra o Flamengo, válido pela semifinal do Campeonato Carioca. Como forma de defender o atleta e justificar sua escolha, o técnico Fernando Diniz falou sobre assumir riscos.

“Eu acabo sempre tomando o risco e prefiro porque é minha características de apostar naquilo que é mais correto para o time. Perderíamos um pouco de marcação e iria ganhar qualidade, imposição técnica, coisa que não aconteceu no primeiro tempo. Até com um a menos conseguimos jogar melhor do que jogamos no primeiro tempo. Mas não foi por conta da entrada do Renato Augusto com Ganso. Pelo menos essa é a minha opinião”, disse.

Depois do jogo, muitos torcedores foram criticar a atuação de Renato Augusto nas redes sociais. Em meio as conversas, corinthianos e flamenguistas também entraram na onda, principalmente falando sobre a idade avançada do meio-campista.

Comentários estão fechados.