CBF define e Corinthians é o único representante paulista em competição nacional

Nesta semana, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela detalhada da primeira fase da Supercopa do Brasil Feminina de 2023. A competição começa no dia 4 de fevereiro com dois confrontos.

Diferente da masculina, a competição feminina começa nas quartas de finais, com duelos únicos. Em caso de empate, a classificação é definida nos pênaltis. As equipes vencedoras avançam para as semifinais e, na sequência, à grande final.

Os jogos serão transmitidos pelo SporTV e pela TV Globo.

Para abrir a competição, o Internacional recebe o Athletico-PR, no Beira Rio, às 18h45 (horário de Brasília). Às 21h, o Real Brasília enfrenta o Avaí/Kindermann, em Taguatinga (DF).

No domingo (5), o Corinthians encara o Atlético-MG, em Diadema (SP), e inicia sua caminhada rumo ao bicampeonato. As Brabas são as atuais campeãs da Supercopa. No mesmo dia, o Flamengo recebe o Ceará, no Rio de Janeiro.

Em 2022, o Timão derrotou o Grêmio na grande final, disputada na Neo Química Arena, e se sagrou campeão do torneio. Com muitos reforços e a base campeã mantida, as Brabas vão em busca de mais uma temporada de sucesso em 2023.

Futuro do Timão masculino

Depois de vencer o Guarani o Timão quer seguir o caminho das vitórias no Campeonato Paulista. Na terça-feira (24), o alvinegro saiu com os três pontos jogando na Neo Química Arena depois de vencer por 2 a 1.

Agora, o Corinthians volta a campo no domingo (29), para o primeiro clássico do ano. os comandados de Fernando Lázaro visitam o São Paulo, no Morumbi, em partida válida pela quinta rodada do Paulista.

Em seguida, o alvinegro segue com seus compromissos no estadual. No outro domingo (5), o Timão enfrenta o Botafogo-SP, na Neo Química Arena.

Comentários estão fechados.