CBF divulga novidades que acabaram de sair do forno sobre o Brasileirão 2024

O Campeonato Brasileiro nem começou, mas já virou pauta nos principais clubes do país. E não é nem por conta de sua proximidade, que está prevista para o mês de maio, mas sim por conta de três novidades anunciadas pela Confederação Brasileira de Futebol.

A partir deste ano, o limite de estrangeiros aumentou. Ou seja, os clubes poderão contar com mais jogadores de fora do país na súmula e dentro de campo nas partidas do Brasileirão. Além disso, a CBF alterou a dinâmica do VAR com o torcedor presente no estádio, e também o nome da premiação para o grande artilheiro da competição.

Brasileirão modificado, veja como Corinthians pode ser afetado

Em reunião realizada nesta semana, na sede da CBF, com a presença dos capitães e presidentes dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiros, três mudanças foram adotadas para a edição deste ano. Além do limite de estrangeiros, que aumentou de sete para nove, agora os torcedores presentes nos estádios receberão explicação ao vivo do VAR.

“A reunião foi muito proveitosa. A CBF está sempre aberta ao diálogo, sempre a favor do debate. Foi tudo muito importante e salutar, podem ter certeza de que vamos continuar trabalhando para fazer o futebol brasileiro cada vez mais forte”, disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, à ESPN Brasil, confirmando também que o nome dado ao artilheiro da competição passará a ser Troféu Roberto Dinamite.

Para o Timão, a mudança dos gringos pode surtir efeito. Apesar da saída polêmica de Matías Rojas, o Corinthians contratou novos estrangeiros, como Rodrigo Garro e Félix Torres, e poderia correr algum risco de não poder relacionar todos para uma partida decisiva.

Comentários estão fechados.