Corinthians conhece todos os possíveis adversários na fase de grupos da Sul-Americana 2024

A Copa Sul-Americana é, sem sombra de dúvidas, o caminho ‘menos complicado’ para o Corinthians encerrar o jejum de títulos em 2024. Cabeça de chave no torneio continental, o Timão conheceu na última quinta-feira (14) todos os possíveis adversários na fase de grupos da competição.

Com sorteio marcado para a próxima segunda-feira (18), as chaves serão formadas por um time de cada um dos quatro potes – cujo os classificados foram divididos de acordo com o ranking dos mesmos na Conmebol. O torneio começará a ser disputado por 32 equipes, com 16 avançando à fase de mata-mata.

Em 2023, Timão ‘bateu na trave’ no torneio

Se no ano passado o Corinthians quase ‘achou’ um título continental na competição, depois de ter sido eliminado precocemente na Libertadores – parando na Sul-Americana e chegando até a fase semifinal, onde foi eliminado pelo Fortaleza (futuro vice-campeão) -, agora a história pode ser diferente.

Focado no torneio continental desde seu início, o Corinthians pode ter a vida facilitada nessa fase inicial. Afinal, é o cabeça de chave e não pode enfrentar outro clube brasileiro em seu grupo. Com isso, fica até mais fácil analisar os possíveis adversários do Timão na competição continental. Lembrando que as chaves serão formadas por um clube de cada pote.

Confira abaixo:

Pote 1 – Corinthians, Boca Juniors, Athletico Paranaense, Internacional, Racing, Defensa y Justicia, Cruzeiro e Lanús.

Pote 2 – Fortaleza, Argentinos Juniors, Independiente Medellín (Colômbia), Delfin (Equador), Unión La Calera (Chile), Danubio (Uruguai), Metropolitanos (Venezuela) e Coquimbo Unido (Chile).

Pote 3 – Universidad Católica (Chile), César VAllejo (Peru), Sportivo Luqueño (Paraguai), Cuiabá, Nacional Potosí (Bolívia), Belgrano (Argentina), Racing (Uruguai) e Sportivo Ameliano (Paraguai).

Pote 4 – Deportivo Garcilaso (Peru), Real Tamayapo (Bolívia), Alianza Petrolera (Colômbia), Rayo Zuliano (Venezuela), Botafogo, Nacional (Paraguai), Always Ready (Bolívia) e Sportivo Trinidense (Paraguai).

Comentários estão fechados.