Corinthians decide demitir treinador logo no começo de fevereiro

A temporada de 2024 do Corinthians já começou com tensão não só no time principal, mas nas categorias de base também. A crise com técnicos se repete na categoria sub-17, que demitiu Paulo Roberto Lilló apenas um mês depois de contratá-lo. A saída, segundo o GE, foi de comum acordo.

Lilló foi um dos nomes apontados pela presidência de Augusto Melo assim que tomaram posse. No entanto, a demissão rápida se deu pelo resultado negativo na Copa FAM. A campanha corintiana foi abaixo do esperado e o Timão acabou em último colocado em seu grupo.

No entanto, os maus resultados da categoria Sub-17 não são exclusivos de Paulo Roberto Lilló. O ex-comandante é o terceiro técnico a ser demitido da função nos últimos três meses. Nesse período, o Timão chegou a ser campeão do Paulistão Sub-17 com Guilherme Dalla Déa, mas o técnico deixou o clube para participar da Copinha à frente do Atlético Mineiro.

Após Dalla Déa, o Corinthians contou com Edson Leivinha como um treinador interino durante o fim da gestão Duilio Monteiro Alves. A partir da mudança de gestão dentro do clube, Lilló foi apontado ao cargo.

Corinthians contrata novo treinador para o time sub-17 

Para substituir Lilló, o Corinthians definiu Raphael Laruccia como o nome ideal. O novo líder do comando técnico do Sub-17 disputou a Copinha de 2024, vencida pelo Corinthians Sub-20, com o Sub-20 do Avaí. O treinador comandou a equipe catarinense em 37 partidas desde que assumiu a equipe em 2022. Além disso, liderou a equipe principal em sete jogos pela Copa Santa Catarina.

Comentários estão fechados.