Corinthians decide o que fazer com joia de R$ 500 milhões

Com a temporada prestes a começar o Corinthians segue mexendo em seu elenco. A intenção da diretoria é liberar atletas para arrecadar fundos e aliviar a folha salarial. Até o momento, mais de 15 jogadores já deixaram o clube e mais devem sair nas próximas semanas.

As mudanças dentro do plantel devem afetar a base do Timão. Isso porque, alguns atletas devem ser integrados ao elenco principal para a sequência da temporada. Já é sabido que o zagueiro Murillo será promovido após a Copinha e outros também devem ser aproveitados.

Um dos jogadores que pode estourar em 2023 é Pedro. O meia-atacante de 16 anos ganhou fama nesta semana após ser envolvido na negociação definitiva de Yuri Alberto e por seus jogos na Seleção Sub-20. O Zenit, da Rússia, terá prioridade em sua compra.

Na prática, os russos serão apenas consultados caso o Corinthians receba uma proposta satisfatória pelo jovem e decida negociá-lo. O Zenit terá direito de igualar o valor e comprar o jogador, mas apenas se o atleta aceitar as condições.

Apesar de já estar atraindo olhares da mídia e de outros clubes, o Timão não pretende pular etapas com o jovem. Ele ainda integra o sub-20 e jogará o Sul-Americano da categoria pela Seleção Brasileira, na Colômbia.

Caso o Brasil fique entre os quatro melhores do torneio, Pedro é presença praticamente certa na Copa do Mundo Sub-20 que será disputada entre maio e junho deste ano.

O sucesso repentino já gera comparações para a joia alvinegra. O meia-atacante tem sido comparado ao jovem Endrick, do rival Palmeiras, por se destacar jovem e fazer dupla nas Seleções de base.

Além disso, o valor que o Corinthians pode faturar com uma futura venda pode se equiparar ou superar os valores da transferência do rival para o Real Madrid, da Espanha. Rumores apontam que Pedro estaria avaliado em cerca de R$ 500 milhões.

Elenco profissional à vista

“Pedro tem muito valor e temos vários bons valores na base, vários com boa projeção. Ele vai ter a seleção. Tem Mundial Sub-20 e também Mundial Sub-17 (no Peru). Estamos vendo com bons olhos e queremos ele por perto, mas sem pular etapas. Tem que ser algo natural. O campo vai falando. Sem antecipar cenários” – explicou Fernando Lázaro, técnico do profissional.

Após o Sul-Americano, Pedro deve receber alguns dias de férias e posteriormente se apresentará ao sub-20 do Corinthians. Dependendo da situação do time principal no Paulistão, ele poderá ser relacionado pela primeira vez.

Comentários estão fechados.