Corinthians deve pagar mais que o esperado a antiga patrocinadora

Logo que assumiu a presidência do Corinthians, Augusto Melo anunciou que o Timão estava fechando um novo patrocínio master com a VaideBet, que promete render R$ 360 milhões ao longo de 3 anos. Contudo, o clube ainda tem uma pendência a resolver com a com a Pixbet, sua antiga patrocinadora, que teve o contrato rescindido com a chegada da nova patrocinadora.  

O antigo acordo 

O vínculo com a PixBet foi fechado pelo ex-presidente Duilio Alves em dezembro de 2022 por R$ 30 milhões em duas parcelas iguais. O novo acordo com a VaideBet prevê que o Corinthians receba R$ 10 milhões mensais até o final de 2026.

Fora isso, além da primeira parcela na assinatura do patrocínio, a empresa também topou pagar mais R$ 10 milhões em luvas, totalizando R$ 20 milhões, como revelou Augusto Melo na entrevista de anúncio da nova parceira. 

O problema é que, o contrato quebrado com a Pixbet previa que o Corinthians teria que reembolsar a empresa e pagar mais uma multa para rescindir. Portanto, o Timão tem de devolver um total de R$ 40 milhões. A promessa do presidente Augusto Melo era que a VaideBet pagaria esse total.

Porém, isso acabou sendo desmentido algum tempo depois. O Corinthians irá arcar com esse valor. Com isso, o Timão tenta chegar a um acordo para parcelar o valor com a Pixbet em 12 parcelas de R$ 3,3 milhões.

Comentários estão fechados.