Corinthians deve pular de 42 para 271 milhões de reais com apenas uma venda

Que a venda de jovens promessas é algo muito lucrativo, se feito no momento certo – sem pressa e com a negociação necessária -, todo mundo já sabe. Agora, que o Corinthians pode ter feito o melhor negócio da última década, envolvendo um de seus atletas da base, é do conhecimento de poucos.

Trata-se do atacante Wesley, que vem despertando o interesse em alguns clubes do futebol europeu. Dentre eles, o Real Bétis, da Espanha, que já chegou a oferecer R$ 42 milhões – recusado pelo Corinthians – e agora pode aumentar bastante a oferta.

Corinthians se reforçou já esperando o assédio europeu

Um dos clubes brasileiros que mais contratou no início desta temporada, o Corinthians soube se preparar para a possível perda de jogadores ao longo do ano. Afinal, o atual campeão da Copa São Paulo de Futebol Junior já imaginava que equipes da Europa estariam de olho nos jovens promissores.

Wesley não chegou a ganhar a Copinha, é verdade, mas está em alta no elenco profissional, se firmando no time de António Oliveira após uma temporada de altos e baixos. Com isso, a direção alvinegra avalia que poderia negociar a venda do atleta se chegasse uma proposta na casa dos 50 milhões de euros (R$ 271,9 milhões). O Bétis deve chegar perto disso.

Ao menos, segundo o jornalista Samir Carvalho, que disse em seu canal no YouTube: “O Corinthians tem 90% dos direitos econômicos do Wesley, mas não há uma proposta oficial. O que me falaram é que vai chegar uma proposta no meio do ano do Real Bétis. Isso chegou por meio dos procuradores dele. Essa procura ocorreu há poucas semanas”.

Comentários estão fechados.