Corinthians inicia preparação para negociar com Matías Rojas

A diretoria do Corinthians amanheceu com mais uma bomba envolvendo o jogador Matías Rojas. Depois de simplesmente sumir do clube e entrar com o pedido de rescisão unilateral do contrato, por pendências financeiras, o jogador paraguaio entrou com uma ação milionária na Fifa contra o Timão.

Tido como uma das piores contratações dos últimos anos, por conta do desfecho que levou, Rojas deu mais um banho de água fria na cúpula alvinegra. Quem esperava poder negociar os valores em aberto, foi surpreendido com uma ação na Fifa, cobrando nada menos que R$ 40 milhões. O Corinthians, agora, vai buscar um acordo com o staff do jogador.

Diretoria do Timão vê ação como ‘impagável’

De acordo com as informações publicadas por Globo Esporte e ESPN Brasil, Matías Rojas entrou com a ação na Fifa pedindo US$ 8 milhões (pouco mais de R$ 40 milhões, na cotação atual), por conta de salários, direitos de imagens e outras verbas que constam em contrato e estavam em atraso.

Com vínculo com o clube alvinegro até junho de 2027, Rojas já foi até anunciado como novo reforço do time de Lionel Messi, o Inter Miami, dos Estados Unidos. E, segundo o advogado Rafael Botelho, do PVBT Law, escritório que assessora o atleta juridicamente, o Corinthians ainda não o procurou para fazer qualquer tipo de acordo.

O jogador paraguaio foi contratado pelo Timão ainda em 2022, e demorou a se firmar. Com atuações pontuais, Rojas disputou somente 30 partidas pelo clube, sem marcar nenhum gol. Elogiado pela imprensa internacional, principalmente a argentina – onde atuava pelo Racing e era cobiçado pelo Boca Juniors -, o jogador tentará a sorte no time de Messi e Suárez.

Comentários estão fechados.