Corinthians investiu pesado e fez duas das 10 contratações mais caras do Brasil

Em poucos meses, a gestão liderada por Augusto Melo já colocou o Corinthians positivamente no noticiário esportivo em algumas oportunidades. E, agora, não foi diferente. Afinal, o Timão fez nada menos que duas das contratações mais caras do Brasil nesta janela de transferências.

Quem vê o Corinthians com certas dificuldades financeiras, vide a polêmica saída de Matías Rojas por atraso nos vencimentos, não imaginaria que o clube pudesse investir mais de R$ 100 milhões em contratações nesta primeira janela do mercado da bola. Mas, o Timão foi lá e fez, deixando o elenco ainda mais forte para a sequência da temporada.

Investimento pesado em nomes pouco conhecidos

De acordo com o levantamento do jornalista Rodrigo Mattos, o Corinthians contratou o nono e o sexto jogadores mais caros desta janela de transferências. Nomes esses que, antes de o Corinthians oficializar a compra, a maioria dos torcedores nunca tinham ouvido falar. O que pode indicar um lado positivo: poucas promessas despontam tão cedo assim.

Em nono lugar no ranking, está o zagueiro Félix Torres, que já caiu nas graças da torcida após atuações seguras. Tanto é que o gringo da Fiel atuou em todos os minutos do time nesse ano, sendo a peça principal no setor defensivo (um dos mais reforçados pelo clube neste ano).

Três posições acima, está outro jogador estrangeiro que chegou há pouco no Corinthians, mas já é muito querido pelos torcedores: Rodrigo Garro. Além do golaço de empate contra o Palmeiras, nos minutos finais do Derby Paulista, o argentino vem correspondendo e ganhando cada vez mais a posição.

Confira o top-10 de contratações mais caras de 2024:

1º- Luiz Henrique (Botafogo): R$ 86 milhões
2º- De La Cruz (Flamengo): R$ 78 milhões
3º- Matias Viña (Flamengo): R$ 42,7 milhões
4º- Léo Ortiz (Flamengo): R$ 37,6 milhões
5º- Aníbal Moreno (Palmeiras): R$ 34,4 milhões
6º- Rodrigo Garro (Corinthians): R$ 34,3 milhões
7º- Rafael Borré (Internacional): R$ 33,2 milhões
8º- João Victor (Vasco): R$ 32 milhões
9º- Felix Torres (Corinthians): R$ 31 milhões
10º- Gustavo Scarpa (Atlético-MG): R$ 29,5 milhões

Comentários estão fechados.