Corinthians já teve dois campeões do BBB

Um dos programas mais populares do Brasil está prestes a começar. O reality show Big Brother Brasil, da Rede Globo, terá início no dia 16 e novamente será comandado pelo jornalista e apresentador Tadeu Schmidt.

A 23ª temporada seguirá o formato anunciado em 2020, com a mistura de anônimos e famosos nos grupos conhecidos como “camarote” e “pipoca”. Além disso, a “casa de vidro”, outra atração do reality, também será usada.

Uma das grandes novidades de 2023 será o prêmio. Segundo informações, diferente das edições anteriores, o valor do ganhador não será fixo. Os participantes verão o montante ser alterado ao longo programa, dependendo de cada dinâmica do jogo.

Ao longo dos últimos anos, o futebol também tem sido envolvido nas torcidas pelos participantes, com fãs escolhendo um favorito logo no início do reality. Além disso, os próprios “brothers” tem seu time fora da casa. O Corinthians, por exemplo, já teve dois campeões do BBB.

A vencedora de 2014, Vanessa Mesquita, e o ganhador de 2008, Rafinha, são torcedores do Timão.

Mercado do Timão

Mesmo com a janela de transferências fechada o Timão já tem feito movimentações no mercado. O objetivo da diretoria é vender atletas para arrecadar fundos e trazer reforços pontuais para o elenco.

Os primeiros a deixar o clube foram aqueles que tinham vínculos por empréstimo, como Bruno Melo e Robson Bambu.

Além deles, Mateus Vital e Ramiro também deixaram a equipe. Os meio-campistas foram para o Cruzeiro de maneira definitiva. O lateral-esquerdo Lucas Piton também saiu do clube rumo ao Vasco. E mais recentemente, o zagueiro Raul Gustavo foi emprestado ao Bahia.

Até o momento o Timão trouxe dois reforços. O paraguaio Ángel Romero iniciará sua segunda passagem pelo alvinegro e o lateral-esquerdo Matheus Bidu foi contratado para substituir Piton.

Comentários estão fechados.