Corinthians não quer saber de estrangeiros e recusa quatro

Para a temporada de 2023, o Corinthians realizou a contratação de apenas dois jogadores: Matheus Bidu, ex-Guarani, e Ángel Romero, que estava sem clube, além de confirmar a permanência em definitivo de Yuri Alberto. O clube do Parque São Jorge está adotando postura cautelosa, porém os nomes continuam aparecendo na mesa da diretoria.

De acordo com a reportagem do Globo Esporte, o Corinthians teve quatro nomes apresentados em sua mesa, porém todos foram recusados. Os meias Yuriel Celi, do Peru, e Daniel Ruiz, da Colômbia, e os atacantes Diego Rubio, do Chile, e Yimmi Chará, da Colômbia, foram os nomes escolhidos e colocados na mesa da diretoria alvinegra, porém sem sucesso algum.

Apesar de estar cauteloso, o Corinthians segue ativo no mercado e não negociou com nenhum dos jogadores por um motivo: o limite de estrangeiros no elenco. Com Rafael Ramos, Bruno Méndez, Balbuena, Fausto Vera, Cantillo e Ángel Romero, a equipe já ultrapassou o limite. Sendo assim, em um momento que todos os atletas estiverem saudáveis, Fernando Lázaro sempre terá que deixar um de fora.

Caso fechasse a contratação de qualquer estrangeiro que seja, o Corinthians, em tese, não estaria fazendo adição alguma, já que o atleta estaria tomando a vaga de um outro.

Recentemente, dois nomes estiveram ligados ao Corinthians. O primeiro deles e que o clube ainda mantém esperança é o meia-atacante Philippe Coutinho, atualmente no Aston Villa. O segundo foi o meia Matheus Pereira, que demonstrou o interesse de defender o clube do Parque São Jorge, porém negociação foi brecada por cláusulas impostas no contrato. Após isso, o brasileiro foi anunciado no Al-Wehda.

Comentários estão fechados.