Corinthians não terá compaixão dos adversários após R$ 263,2 milhões se concretizarem

Quando Augusto Melo assumiu o comando do Corinthians, no início deste ano, a promessa para o torcedor era de que as coisas iriam melhorar e que o clube iria voltar a lutar por grandes títulos. Porém, no início do ano, ainda com Mano Menezes, o que aconteceu foi totalmente diferente. Com quatro derrotas seguigas em cinco jogos disputados, isso culminou na demissão do comandante.

Para o seu lugar, o escolhido foi o português António Oliveira, que foi um dos destaques da última edição do Campeonato Brasileiro. No comando do clube, ele conseguiu dar uma grande melhora ao elenco e mostra que pode surpreender todo mundo no final da temporada. Para que isso aconteça, o clube ainda terá mais R$ 263,2 milhões para tentar investir no elenco.

Corinthians pode receber cerca de R$ 263,2 milhões em patrocínios

Nas últimas semanas, a nova diretoria do Corinthians decidiu por revisar o planejamento financeiro do Corinthians, que havia sido produzido ainda na gestão de Duílio Monteiro e que foi aprovado pelo Conselho Deliberativo. Algumas mudanças precisaram ser feitas, para se encaixar a realidade do clube, como o aumento da folha salarial.

Outra grande mudança feita é com relação a arrecadação nos valores de patrocínio. De acordo com a nova previsão da diretoria, a expectativa é de que cerca de R$ 263,2 milhões sejam arrecadados somente com os seus patrocinadores. Esse valor é mais que o dobro do que Duílio e seus dirigentes esperavam. Muito desse aumento se deve ao acordo com a Vai de Bet, que assumiu o patrocínio máster do clube.

Comentários estão fechados.