Corinthians pretende ser ousado no período que ficará sem jogos oficiais

No último domingo (10), o Corinthians se despediu oficialmente do Campeonato Paulista. Diante do Água Santa, o Timão não marcou gols e a partida terminou empatada em 0 a 0. Já desclassificado com uma rodada de antecedência, o Corinthians não participará dos jogos da próxima fase do torneio estadual.

Com a agenda “livre” após a eliminação no Paulistão, o Corinthians foca na Copa do Brasil. Na próxima quinta-feira (14), a equipe alvinegra entra em campo pela competição diante do clube paulista do São Bernardo, o mesmo no qual o Timão perdeu por 1 a 0 no estadual, estando com um jogador a mais em campo. Na época, o time era comandado por Mano Menezes.

O duelo pela Copa do Brasil será único eliminatório. Diferentemente da primeira fase, em caso de empate, a decisão sobre quem ficará com a vaga para a próxima fase da competição será decidida nos pênaltis. A equipe comandada pelo português António Oliveira, deve focar nos treinos intensivos para não ter surpresas.

Para ocupar os dias livres em seu calendário, a diretoria do Corinthians planeja realizar uma “intertemporada”, com partidas amistosas e de exposição para torcedores que não moram em São Paulo. Dentro dos planos estão dois jogos fora da capital paulista, para prestigiar corintianos que moram em outras regiões do país. Além disso, são cogitados amistosos fora do Brasil, contra times da MLS (EUA) e Arábia Saudita.

A intenção é disponibilizar maior entrosamento, tempo de jogo e familiaridade do elenco com as ideias do treinador português António Oliveira. Mas tudo dependerá da aprovação do técnico e de sua comissão técnica. Caso aprovado, os amistosos do Corinthians devem ocorrer durante as datas FIFA, que ocorrem entre os dias 18 a 26 de março.

Comentários estão fechados.