Craque Neto já sabe qual atitude tomar quando for presidente do Corinthians

Ídolo do Corinthians, e fundamental para o clube no início entre o fim da década de 1980 e o início de 1990, Craque Neto já planeja ser presidente do clube. Membro do conselho em três oportunidades [2012, 2017 e 2020], o ex-jogador não conseguiu se reeleger nesta temporada.

Fora do Conselho Deliberativo do Corinthians na gestão Augusto Melo, Neto ainda tem a intenção de disputar a presidência do Timão em 2026. E o apresentador do programa ‘Os Donos da Bola’ reiterou isso durante a edição da última segunda-feira (11), enquanto falava sobre as dívidas do clube.

Neto planeja ser presidente do clube em 2026

Sempre polêmico, Neto não deixou de surpreender muita gente ao anunciar sua primeira tarefa, caso eleito presidente do Corinthians: “Se eu ganho a eleição, a primeira coisa que eu faço é entregar o estádio. Doa a quem doer. Entrego pra Caixa, entrego pro governo”, declarou, reforçando que todo o contrato pode ser desfeito.

Com contrato com o Grupo Bandeirantes até 2026, Neto já disse em outras oportunidades que se candidataria à presidência do Corinthians somente em caso de não renovação com a emissora paulista. Além disso, o ídolo da Fiel só aceitaria assumir o cargo se fosse remunerado.

O apresentador, por sua vez, também justificou essa medida polêmica envolvendo a Neo Química Arena. “Eu não posso pagar durante 10 anos quase 500 milhões de juros e eu não pagar o estádio, que custa 800, 900. Você acha que a Caixa não tá achando isso maravilha? Eu não pago o débito e eu só pago os juros. Eu já paguei dois estádios, quase”, finalizou.

Comentários estão fechados.