Cria do Corinthians “imitou” Pelé e ficou no quase por gol histórico

Emprestado pelo Corinthians, o volante Mandaca estreou pelo Juventude no empate por 2 a 2 com o Internacional, no Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho. O atleta atuou os 90 minutos da partida e faltou pouco para marcar um gol histórico do campo de defesa.

Confira como foi a estreia de Mandaca, jogador do Corinthians 

Aos 46 minutos do segundo tempo, o Inter estava pressionando em busca do gol da vitória. Porém, após dividida, a bola sobrou para Mandaca, que arriscou o chute antes da linha de meio-campo. A bola encobriu Keiller e passou a centímetros do travessão, caindo sobre a rede.

“Foi por pouco. Desde o começo do primeiro tempo, vinha olhando para o goleiro e tinha visto que ele ficava sempre adiantado. No final do segundo tempo, quando surgiu a oportunidade, não pensei duas vezes e quase deu certo. Se eu tiver outras chances, tentarei mais vezes”, disse Mandaca ao ge.

“Foi uma estreia muito boa. Muito positiva. Poderíamos ter saído vitoriosos, mas foi um ponto importante demais para a sequência do campeonato. E contra um time grande da competição. Gostei da estreia maravilhosa que fiz. Por pouco não fiz um golaço, mas fico feliz pela oportunidade de estar evoluindo”, analisou.

Vale destacar ainda que o primeiro gol do Juventude teve jogada iniciada com Mandaca. O volante chutou de fora da área e Rodrigo Rodrigues, no rebote, marcou. Aos 21 anos, o jogador chega ao clube alviverde após disputar a Série B do Brasileirão pelo Londrina. Por lá, atuou em 31 jogos, 18 como titular.

“Estou muito adaptado ao ambiente, aos treinos e à cidade. Projeto grandes coisas para a sequência do Gauchão. O primeiro passo é classificar para as semifinais e, se Deus permitir, ser campeão. Temos um longo caminho pela frente. Não será fácil, mas vamos lutar”, concluiu.

Comentários estão fechados.