Cuca mal assinou contrato e já tentou atrapalhar o Corinthians

O Corinthians segue buscando reforçar seu elenco para a temporada 2024. Fora da próxima fase do Campeonato Paulista, a diretoria do Timão foca em nomes para atuar pela Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-americana.

A gestão do Corinthians alinhou a contratação de Cacá, zagueiro que pertence ao Tokushima Vortis, do Japão, e estava emprestado ao Athletico Paranaense desde 2023. Como a equipe não tinha intenção em adquirir o jogador de forma definitiva, o Corinthians conseguiu garantir o empréstimo do atleta junto à equipe japonesa.

Cacá chega por empréstimo ao Corinthians até o fim da temporada e com opção de compra na casa dos US$ 2 milhões (R$ 9,9 milhões na cotação desta quarta-feira) por 60% dos direitos econômicos. O defensor está em São Paulo desde a última terça-feira (5) e já assinou o contrato com o Timão, aguardando apenas questões burocráticas para ser anunciado.

A negociação chegou a travar nos últimos dias devido ao interesse de outros clubes da Série A, como o Red Bull Bragantino. Porém, o jogador manifestou aos representantes o desejo de vestir a camisa do Timão e acertou os detalhes finais.

O treinador Cuca também tentou atrapalhar os planos do Corinthians, ao pedir a permanência do zagueiro no elenco do Athletico Paranaense. O ex-técnico do Timão, chegou ao clube paranaense há poucos dias e um dos pedidos dele foi para que a diretoria permitisse a negociação do defensor. Entretanto, como as negociações já estavam bastante avançadas entre Corinthians e Tokushima Vortis, do Japão, o comandante do Furacão não teve o pedido atendido.

Em suas redes sociais, o zagueiro Cacá se despediu do Athletico e agradeceu pelo tempo vivido no Furacão: “Chegou o momento de dizer adeus a essa família que me acolheu com tanto carinho. Cada jogo, cada vitória e até mesmo as derrotas, foram parte de uma jornada inesquecível aqui no Athletico. Levo comigo as lembranças mais preciosas e a gratidão por todo apoio da torcida e da equipe. Seguirei em frente, mas sempre carregando o Furacão no coração. Obrigado por tudo” – escreveu o jogador, em suas redes sociais.

Comentários estão fechados.