Depois de muita luta, Corinthians consegue fechar com sombra de R$ 21,5 milhões para Fagner

Como em todo início de ano, as novelas do futebol movimentam o mercado da bola. E com o Corinthians versão 2024, isso não é diferente. Depois de todo o imbróglio envolvendo Timão e Flamengo, em relação ao lateral Matheuzinho, o negócio enfim está próximo de um final feliz.

E feliz para todas as partes, já que o clube do Parque São Jorge conseguiu o montante necessário, e pagará cerca de R$ 21,5 milhões (€ 4 milhões na cotação atual) por 60% dos direitos econômicos do jogador – e mais R$ 1 milhão em metas a serem atingidas.

Matheuzinho chega para ser sombra para Fagner

Fabinho Soldado, novo diretor executivo do Corinthians, teve papel fundamental na negociação com Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo – principalmente depois que o clube carioca tinha anunciado a desistência de qualquer negócio com a atual diretoria alvinegra.

Matheuzinho, que inclusive já chegou a treinar no Timão, negou propostas de Botafogo e Grêmio, mantendo o Corinthians como prioridade. O provável novo reforço, de 23 anos, chega para ser a grande sombra do lateral-direito Fagner.

O atual camisa 23 do clube tem status de ídolo, sendo um dos principais vencedores da história do clube, mas está em rota de colisão com parte da torcida. Para piorar, o empresário de Fagner chegou a atacar a atual diretoria do clube neste ano.

Comentários estão fechados.