Diretor do Corinthians gera polêmica após falas sobre Wesley

Pouco depois do empate frustrante no Uruguai, na estreia do Corinthians na Copa Sul-Americana, os elogios de Rubens Gomes, diretor de futebol do clube, ao jogador Wesley geraram polêmica nas redes sociais. Rubão, como é popularmente conhecido, chamou o jovem atleta de ‘Príncipe do Rabisco’.

O problema não foi nem a fala do dirigente, em si, mas o momento em que o elogio foi feito. Afinal, a igualdade por 1 a 1 diante do modesto Racing de Montevidéu foi considerado bastante ruim para o Timão. Na atual situação do Grupo F do torneio continental, o Timão precisará vencer o Argentinos Juniors na Argentina se quiser avançar ao mata-mata.

Torcedores não perdoam diretor do Corinthians

Os ânimos depois do jogo do Corinthians, no empate diante do Racing-URU na última terça-feira (02), estavam exaltados. Não apenas pelo resultado, que foi bem ruim para as pretensões do clube na competição sul-americana, mas por conta do futebol apresentado – inclusive, o gol sofrido a apenas cinco minutos do fim do duelo.

Até por isso, a brincadeira feita por Rubão, ao final do jogo, não pegou muito bem entre a Fiel torcida, principalmente nas redes sociais. Depois de chamar o jovem atacante Wesley, que foi um dos melhores pelo lado alvinegro, de ‘Príncipe do Rabisco’, o dirigente foi até chamado de ‘fanfarrão’ por um torcedor.

O Corinthians volta a campo, agora, na próxima terça-feira (09), quando recebe o Nacional-PAR na Neo Química Arena. Para continuar com chances de avançar de fase no Grupo F, o Timão não pode nem pensar em empatar. A receita é simples: vencer o clube paraguaio e torcer para um tropeço do Argentinos Juniors diante do Racing-URU.

Comentários estão fechados.