E agora? Corinthians pode sofrer duas vezes com a mesma lei

O Corinthians volta a campo nesta quinta-feira (22) para sua estreia na Copa do Brasil. O Timão enfrenta o Cianorte, do Paraná, fora de casa, às 20h (horário de Brasília). A primeira fase acontece em jogo único com o benefício de empate para o Timão por ser a equipe visitante.

Após ‘zebra’ no duelo entre Sousa da Paraíba e Cruzeiro, hexacampeão da competição que foi eliminado pelo placar de 2 a 0, o Corinthians se prepara para estrear na Copa do Brasil e une todas as suas forças para não cair na mesma maré de má sorte que atingiu o time mineiro, presidido por Ronaldo Fenômeno.

Cianorte também se prepara para o duelo considerado bastante difícil diante do Corinthians e, uma dupla experiente é aposta do Leão do Norte para o jogo desta quinta-feira, pela Copa do Brasil. Guilherme e Junior Dutra são jogadores que já passaram pelo Timão, mas agora vivem algo que consideram especial no Cianorte. Eles estão com 35 anos e encaram no clube uma retomada na carreira.

Os dois conhecem bem o Corinthians e não descartam a possibilidade de uma dupla “lei do ex” acontecer no duelo desta quinta-feira (22). Os atacantes estão no Cianorte desde o início de 2024 e são considerados peças referências para os demais que compõem o elenco. Em sua grande maioria, o time possui atletas com idades abaixo dos 26 anos.

“Se a lei existe, está aí para ser cumprida. Vamos acreditar. Com todo respeito do mundo ao Corinthians, mas se existe a lei, vamos lá. Tudo está sendo especial. Treino jogo, dia a dia, academia. A gente se sentiu acolhido aqui. O Cianorte na minha vida e do Gui é isso, o momento que os dois precisavam desse carinho, o clube viu na gente a oportunidade de ajudar também como atleta, e as coisas estão fluindo. Muita coisa para acontecer, vamos ver o final dessa história” – disse Júnior Dutra.

Guilherme ainda aprimora seu condicionamento físico e vem entrando aos poucos nas partidas do Cianorte, sendo titular apenas uma vez até aqui. Cada um já marcou um gol pelo Campeonato Paranaense. Mais que isso, os dois encontram ali um recomeço.

“A grandeza não se reflete em camisas que vestiram, é por um estado de espírito. Quando chego aqui, não me sinto pequeno, desmerecido, não tem ninguém me vendo. Muito pelo contrário, vejo no dia a dia a grandeza das pessoas que conduzem, dos atletas, da comissão, das pessoas que cuidam do campo, das tias que ajudam na alimentação e na lavagem das roupas. Está sendo muito bacana” – falou Guilherme.

Guilherme atuou com a camisa do Corinthians entre janeiro de 2016 e abril de 2017, voltando ao Brasil após jogar na Turquia e ter atuado anteriormente pelo Cruzeiro e Atlético Mineiro. No Timão ele somou 47 jogos e marcou oito gols, fazendo parte do elenco que seria campeão paulista em 2017.

Já Júnior Dutra, jogou pelo Corinthians em 2018, após se destacar um ano antes com o Avaí. Pelo Timão foram sete meses, 22 jogos e três gols, conquistando o título do Paulistão. Acabou deixando o clube para ser emprestado ao Fluminense, depois foi para o Al-Nasr, dos Emirados Árabes, e não retornou ao Parque São Jorge.

Comentários estão fechados.