É saída que não acaba mais: Corinthians manda mais um embora

Após um péssimo início no Campeonato Paulista, a diretoria percebeu que a promessa de lutar por grandes títulos poderia ir pelo ralo ainda no primeiro ano de gestão. Para evitar um desastre ainda pior, o clube se viu obrigado a se reorganizar internamente, com o objetivo de conseguir impedir um possível rebaixamento no Campeonato Paulista e uma péssima campanha no Campeonato Brasileiro.

Para essa mudança, foi definida a demissão de Mano Menezes do cargo de treinador. Para o seu lugar, o escolhido foi o português António Oliveira, que estava no Cuiabá e aceitou o convite para assumir o clube paulista. Por conta disso, algumas mudanças na comissão técnica estão acontecendo. Recentemente foi a vez de um preparador físico deixar o time.

Corinthians define saída de preparador físico contratado no início do ano

Na manhã desta quarta-feira (21), véspera do jogo entre Corinthians e Cianorte pela Copa do Brasil, o jornalista Rodrigo Vessoni revelou que o fisioterapeuta Júlio Suman decidiu por deixar o clube. O profissional foi contratado no início deste ano, para poder reforçar o quadro da comissão médica da equipe paulista. Ele não foi o primeiro desse setor a deixar o time brasileiro.

Na tarde de ontem, o diretor do departamento médico do Corinthians, Fábio Novi, pediu demissão do seu cargo. O motivo apresentado pelo profissional foi de que precisaria se afastar do cargo para poder resolver alguns problemas particulares. Já Júlio deixou o clube sobre o pretexto de divergências internas. No momento, a equipe conta com quatro profissionais desta área em seu quadro de funcionários do time profissional.

Comentários estão fechados.