Ednaldo Rodrigues manda a real sobre sua relação com presidentes de clubes

Muitas vezes, a relação da entidade máxima do futebol brasileiro com seus clubes não é das melhores. Seja por problemas no calendário, por convocações de jogadores e/ou de treinadores. E foi com base nisso que o repórter Marcelo Braga, do Globo Esporte, decidiu perguntar a Ednaldo Pereira, presidente da CBF.

“A relação da CBF com os presidentes de clubes e federações é a melhor possível. Encontramos no presidente Julio Casares uma pessoa companheira e amiga que fez o melhor para a seleção estar bem servida, não teve problemas com essa questão da rescisão contratual. Essa parte foi tratada pela diretoria jurídica e entre as duas presidências, isso ficou sanado, ficamos satisfeitos com o profissional que está lá, e o presidente do São Paulo ficou satisfeito com o desfecho (financeiro)”, disse.

Presidentes de diversos clubes devem se encontrar hoje na Conmebol

Na noite desta segunda-feira (18), acontecem os sorteios das fases de grupos da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana, na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai. Por conta disso, os presidentes dos clubes envolvidos nas disputas de ambos os torneios devem estar presentes. Aliás, quase todos.

O presidente do Corinthians, Augusto Melo, foi proibido de viajar, por não ter apresentado o comprovante da vacina para a febre amarela – documento exigido pelas autoridades sanitárias no momento do embarque. A informação foi inicialmente publicada pela jornalista Monique Vilela e confirmada por Gustavo Zupak, comentarista dos canais ESPN.

Ao que tudo indica, o Corinthians não terá nenhum representante presente no sorteio. Vale lembrar que o clube é cabeça de chave na Sul-Americana, ao lado de outros brasileiros como Athletico-PR, Cruzeiro, Cuiabá, Fortaleza, Internacional e Red Bull Bragantino.

Comentários estão fechados.