Leandro Castán manda recado para jogador que está de volta ao Corinthians

Além de ter quebrado o tabu no Morumbi, o domingo (29) reservou outro momento especial para o corinthiano: o retorno de Paulinho após oito meses afastado por conta de lesão ligamentar no joelho esquerdo. Apesar de não ter começado como titular, o volante entrou em campo com 18 minutos do segundo tempo na vitória do Corinthians.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, o ex-zagueiro e companheiro de Paulinho no clube do Parque São Jorge, relembrou momento complicado que passou ainda em 2014. O defensor ficou praticamente quatro anos sem entrar em campo por conta de tumor no cérebro. Para completar, deu conselho para Paulinho.

“Foram momentos difíceis, é até difícil comentar. O que posso falar é pra ele [Paulinho] viver um dia após o outro, não tomar uma decisão precipitada. Com certeza, ele vai dar a volta por cima, é um amigo e vou torcer pra ele levar o Corinthians de volta onde o clube merece”, disse Castán, que seguiu falando sobre o assunto.

“Praticamente fiquei 4 anos sem jogar, é complicado, nessas situações você percebe do que é capaz. Eu aprendi uma palavra chamada superação com tudo isso”, completou.

Paulinho retornou aos gramados em momento chave para o Corinthians. Na partida diante o Guarani, o clube do Parque São Jorge perdeu Maycon e Cantillo. Fausto Vera ainda segue em recuperação de lesão que sofreu ainda na primeira rodada. Sendo assim, Fernando Lázaro tinha apenas duas opções para utilizar na função: Du Queiroz e Roni, que foram os titulares diante o São Paulo.

Agora, o clube do Parque São Jorge entrará em campo contra o Botafogo-SP, neste domingo (05), às 18h30, e Paulinho pode ganhar sua primeira oportunidade como titular na temporada.

Comentários estão fechados.