Luan acaba de criar mais um problema pro Corinthians

Problema antigo do Corinthians, o meia Luan segue em situação complicada no clube. Fora dos planos desde 2022, após a chegada de Vitor Pereira, o jogador nunca conseguiu dar a volta por cima e segue no topo da lista de dispensas do alvinegro mesmo com a troca de treinador. Porém, não existem interessados.

A diretoria segue tentando achar um time interessado e aceita, inclusive, arcar com parte dos salários em caso de empréstimo, assim como fez com o Santos no segundo semestre do ano passado.

No entanto, os empresários de Luan buscam um clube no exterior para o atleta. Ele tem o sonho de atuar na Europa e seu staff entende que será difícil achar um time no Brasil por conta do futebol apresentado nos últimos anos.

Tentando achar uma solução para o problema, o Timão propôs uma rescisão amigável. A intenção era pagar R$ 5 milhões de forma parcelada e liberar o jogador imediatamente. Contudo, o meia recusou a oferta e pretende receber os cerca de R$ 10 milhões que tem direito até o fim do contrato, ou seja, os R$ 800 mil mensais de salário até dezembro de 2023.

“O Corinthians ofereceu metade de R$ 10 milhões de forma parcelada para que o Luan deixasse o clube e ficasse livre para escolher o seu destino, e o jogador recusou. O Luan prefere ficar no Corinthians sem jogar para receber os R$ 800 mil por mês” – revelou o jornalista Samir Carvalho.

Liberação imediata

Samir Carvalho ainda contou que o Corinthians não quer Luan no mesmo ambiente que o resto do elenco por acreditar que ele pode prejudicar a ambição do grupo, por isso, deseja a liberação imediata do jogador:

“O Corinthians, pelo que sei, está disposto a emprestar o Luan e pagar a grande parte do salário, mas não quer ele junto dos jogadores. Tenho a informação que o clube não quer o Luan com o elenco porque acredita que ele contamina, não que é um mau elemento, mas a falta de ambição pode contaminar e por isso a diretoria não quer”

Comentários estão fechados.