Multas financeiras se transformaram em grande problema no Corinthians

A situação financeira do Corinthians é delicada há certo tempo, mas ficou escancarada na atual gestão Augusto Melo – que fez questão de ser transparente e mostrar tudo que as gestões anteriores fizeram questão de mascarar. Até por isso, esse assunto virou o principal problema do clube em 2024.

Para piorar, o Timão foi o segundo clube do estado de São Paulo que mais recebeu multas financeiras do Tribunal de Justiça (TJD-SP) na última temporada. Atrás somente da equipe do Morumbi, que teve 25 infrações, o clube do Parque São Jorge sofreu nada menos que 12 multas.

Renegociações e multas viram bola de neve para Augusto Melo

O atraso nos pagamentos e/ou as intensas renegociações que foram feitas nos últimos meses – com jogadores, treinadores e bancos – vão gerando juros cada vez maiores. Isso, aliado as multas que o clube vem recebendo, vão deixando a saúde financeira do Corinthians cada vez pior.

De acordo com um levantamento feito pela ESPN, o Corinthians é o segundo clube paulista que mais recebeu multas nos últimos dois anos. É importante lembrar, no entanto, que recentemente o clube foi denunciado no próprio TJD-SP por conduta antidesportiva por parte de Rubão e Fabinho Soldado, após a derrota do Timão para a Ponte Preta.

Sem jogos oficiais até o início do Campeonato Brasileiro, o Corinthians disputa uma série de amistosos para dar rodagem ao elenco e entrosar ainda mais o time comandado por António Oliveira. Depois de encarar o Santos nesta sexta (22), o Timão agora viaja para Cascavel, onde mede forças com o Londrina na próxima quarta-feira (27).

Comentários estão fechados.