Novo técnico do Corinthians tem números que põem medo nos rivais

Fernando Lázaro, novo treinador do Corinthians, já atuou como interino na equipe principal alvinegra. No período, ele teve um ótimo aproveitamento, acumulou ao todo sete jogos, sendo seis vitórias, um empate, com 19 gols marcados e apenas quatro sofridos.

Assim, Lázaro soma 90,48% de aproveitamento. Os resultados positivos foram diante do Sport Huancayo-PER, River Plate-PAR, Ituano, Mirassol, São Bernardo, Botafogo-SP e Red Bull Bragantino, pela Copa Sul-Americana e Campeonato Paulista. 

Desde 2010, os melhores aproveitamentos de treinadores efetivados do Corinthians foram de: Tite (68,87%, em sua segunda passagem), Fábio Carille (61,11%, na primeira passagem) e Mano Menezes (60,32%, também em sua segunda passagem). Enquanto, os três piores são: Jair Ventura (31,58%), Oswaldo de Oliveira (37,04%) e Tiago Nunes (45,68%).

Dos quatro últimos técnicos do Corinthians, apenas Vítor Pereira passou dos 50 jogos pelo clube. Os antecessores: Sylvinho, Vagner Mancini e Tiago Nunes, foram demitidos antes de alcançarem a marca.

Aproveitamentos dos técnicos citados do Corinthians:

  • Mano Menezes (janeiro a dezembro de 2014): 63 jogos/ 33 vitórias/ 15 empates/ 15 derrotas/ 60,32% de aproveitamento.
  • Tite (janeiro de 2015 a junho de 2016): 106 jogos/ 65 vitórias/ 24 empates/ 17 derrotas/ 68,87% de aproveitamento.
  • Oswaldo de Oliveira (outubro a dezembro de 2016): 9 jogos/ 2 vitórias/ 4 empates/ 3 derrotas/ 37,04% de aproveitamento.
  • Fábio Carille (janeiro de 2017 a maio de 2018): 114 jogos/ 59 vitórias/ 32 empates/ 23 derrotas/ 61,11% de aproveitamento.
  • Jair Ventura (setembro a dezembro de 2018): 19 jogos/ 4 vitórias/ 6 empates/ 9 derrotas/ 31,58% de aproveitamento.
  • Tiago Nunes (janeiro a setembro de 2020): 27 jogos/ 9 vitórias/ 10 empates/ 8 derrotas/ 45,68% de aproveitamento.

Comentários estão fechados.