Oscar pode assinar com o Corinthians após pedido dos filhos

Tido como uma das grandes promessas do futebol brasileiro no final da primeira década dos anos 2000, Oscar teve grande passagem pelo Internacional – depois de sair pela ‘porta dos fundos’ do São Paulo – e depois deu sequência a isso no futebol europeu, no Chelsea.

O problema foi quando aceitou, no auge de seus 26 anos, uma proposta da China, para defender as cores do desconhecido Shanghai Port. Isso, depois de já ter sido vice-campeão olímpico em 2012 e campeão da Copa das Confederações no ano seguinte, com a seleção brasileira.

Pedido dos filhos deve pesar, e Oscar pode voltar ao Brasil

Longe dos holofotes, Oscar sempre tem seu nome ligado a algum clube brasileiro desde então. E o time em questão é o próprio Corinthians. O meia, hoje com 31 anos, quase acertou com o Flamengo na última temporada, mas a negociação esbarrou em algumas questões financeiras.

O que, agora, não parece ser problema, já que o jogador aceitaria um ‘salário normal’ para retornar ao país. Em entrevista à SuperEsportes, Oscar comentou sobre o assunto e relevou um pedindo especial da própria filha, que disse ser torcedora do Timão.

“Como meus filhos estão crescendo mais, acabam cobrando. Minha filha torce pelo Corinthians, nem eu sei o porquê, e ela ‘pai, vai para o Corinthians’. E meu filho é flamenguista e pede ‘pai, vai para o Flamengo’. Fica nesse embate dos dois aqui”, afirmou o jogador.

Vale lembrar que o contrato de Oscar com o Shanghai Port vai até o final de 2024, e caso retorne ao futebol brasileiro, ele voltaria a disputar uma partida em solo nacional depois de nada menos que 12 temporadas.

Comentários estão fechados.