Redondo no Corinthians? Timão detalha situação do negócio

Após vídeo vazado onde o presidente do Corinthians, Augusto Melo, aparece em uma reunião falando sobre os próximos reforços do Timão, muito especulou-se sobre quem seria o meia de 1,90 cm citado pelo mandatário. O nome de Federico Redondo, atleta de 21 anos do Argentinos Juniors se tornou o principal alvo da imprensa esportiva.

Porém o presidente do Coringão descartou a vinda do atleta, após derrota do Corinthians diante do Novorizontino, no último domingo (04), pelo Campeonato Paulista. Após a diretoria do alvinegro atrasar o pagamento das parcelas referente ao jogador Augusto Vera, as relações entre Corinthians e Argentinos Juniors ficaram estremecidas e o presidente do clube argentino chegou a chamar a equipe brasileira de ‘vergonhosa’.

O Corinthians foi condenado pela Fifa a pagar 3,45 milhões de dólares, aproximadamente R$ 17 milhões, ao clube argentino. A equipe brasileira tem 45 dias para quitar a dívida. Caso não aconteça, o Timão corre risco de sofrer um transfer ban e ficar impedido de registrar novos jogadores. Augusto Melo, presidente do Corinthians, pregou cautela no mercado da bola.

“Nós temos uma comissão que a gente analisa, contratando um a um. A gente não vai sair contratando dez, quinze, vinte (jogadores), mesmo porque não temos condições financeiras e hoje o Corinthians mudou a gestão… Hoje a gente contrata um jogador pontualmente, monitorado 100% todas as condições dele. Então o que precisa hoje é por a cabeça no lugar, trabalhar, e aí sim, durante o campeonato, vamos compondo um ou outro. Mas pode ter certeza que a gente está no mercado e pode chegar em breve mais alguns” – comentou Augusto Melo.

Após quarta derrota seguida, o Corinthians segue na zona de rebaixamento do Paulistão. Seu próximo confronto é fora de casa, na quarta-feira (07), às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, diante do Santos que vem bem na competição. Apesar de resultados negativos, Mano Menezes segue à frente do comando técnico da equipe do Timão no próximo clássico paulista.

Comentários estão fechados.