Regulamento do Paulistão pode mudar e Corinthians é avisado

O Corinthians iniciará a sua trajetória na temporada de 2023 contra o Red Bull Bragantino, no próximo domingo (15), às 16h, pelo Paulistão. Por conta de medida da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o clube do Parque São Jorge pode ter que ligar os alertas em relação ao estadual.

Anteriormente, a Copa do Brasil cedia dez vagas para o ranking nacional de clubes, definida pela própria CBF. No entanto, mudanças da entidade na competição fizeram com que isso fosse alterado. Agora, o Corinthians e os outros grande não tem presença garantida na Copa do Brasil de 2024, o que gera certo desconforto, já que é o torneio que trás maior lucro para os cofres.

Para 2024, o regulamente prevê que serão 12 vagas para: as equipes da Libertadores, campeões da Copa do Nordeste, Copa Verde e Série B. Ou seja, neste ano, o Corinthians precisará ficar bem colocado no estadual ou conseguir se classificar para a competição continental para ter vaga garantida na Copa do Brasil de 2024.

De acordo com o UOL Esporte, nesta sexta-feira (13), acontecerá uma reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF) que definirá qual será a forma da escolha dos seis representantes paulistas. A tendência é que seja quatro vagas distribuídas para os semifinalistas do Paulistão e as outras duas para os finalistas do Troféu do Interior.

Desta forma, se esta regra já estivesse vigorando desde o ano passado, os classificados para a Copa do Brasil de 2023 seriam:

Palmeiras – Campeão do Paulistão;

São Paulo – Vice campeão do Paulistão;

Red Bull Bragantino – Semifinalista do Paulistão;

Corinthians – Semifinalista do Paulistão;

Ituano – Campeão do Troféu do Interior;

Botafogo – Vice campeão do Troféu do Interior.

Comentários estão fechados.