Relembre a goleada mais marcante na história do Corinthians

Com o feriado da Páscoa chegando, não tem como não lembrar dos principais chocolates que o Corinthians enfiou em diversos clubes ao longo de sua história. Mas, dentre tantas goleadas, qual seria a mais marcante ao longo desses quase 114 anos? A escolha pode te surpreender.

Ganhar de rival é bom, mas ganhar com esse sabor a mais, com um placar elástico, é melhor ainda. Pensando nisso, a escolha se baseou nos confrontos diante de Palmeiras, São Paulo e Santos – valendo ou não algum título de grande expressão. Afinal, clássico é um campeonato a parte.

Goleadas sobre principais rivais marcaram gerações da Fiel torcida

Antes da escolha da goleada mais marcante, é válido relembrar os principais placares diante dos grandes rivais. Como os 5 a 1 sobre o Palmeiras, no auge da Democracia Corintiana – e também no auge do tabu de títulos do maior rival -, quando o Timão não teve pena e aplicou sua maior goleada na história do Derby, com três gols e show do então novato Casagrande.

Enquanto essa geração de torcedores ficou com tal goleada na memória, outra no início dos anos 2000 reforçou ainda mais a superioridade do Timão perante os rivais: o emblemático 7 a 1 no Santos, no estádio do Pacaembu, na arrancada para o título brasileiro de 2011, com show, dança e gols do argentino Carlos Tévez.

Mais recentemente, essa sim a mais marcante da história do Corinthians, foi a vez do São Paulo sofrer na mão (ou melhor, nos pés) do Timão. E o melhor: com o time já campeão brasileiro de 2015 e dentro casa alvinegra. Era um jogo para cumprir tabela, mas serviu para ampliar o tabu na arena, mostrar a força dos reservas do clube e castigar um dos principais rivais do Conringão – com requintes de crueldade.

Comentários estão fechados.