Revelado motivo que fez o Vasco desistir de Pedro Henrique, do Corinthians

Um dos diversos reforços do Corinthians para a atual temporada, o atacante Pedro Henrique, poderia ter tido outro destino quando saiu do Internacional. Em conversa vazada de Alexandre Mattos, diretor-executivo de futebol no Vasco da Gama, o profissional contou os motivos pelo qual o jogador foi descartado pela 777 Partners – grupo que comprou a SAF do clube carioca.

Formado nas categorias de base do Grêmio, mas subindo ao profissional no Avenida, do Rio Grande do Sul, Pedro Henrique logo foi jogar fora do país. Fazendo sua carreira quase inteira em clubes de menor expressão, em países como Suíça, França, Turquia, Azerbaijão e Cazaquistão, o atacante reencontrou seu bom futebol no Internacional, antes de ser contratado pelo Timão.

Experiência e poucos gols: Pedro Henrique busca evoluir no Timão

Os números do novo atacante do Corinthians, se analisados friamente, não empolgam. Com 33 anos, Pedro Henrique nunca ficou mais de duas temporadas completas em um mesmo clube e soma pouco mais de 100 gols. Além disso, nunca foi campeão em solo brasileiro.

“A 777 permitiu contratar um atacante, mas que teria que ser sem aquisição. Vieram os nomes do Pedro Henrique, Breno Lopes e André, todos enviados imediatamente para a avaliação do scout da 777. O Pedro seria o mais em conta, aproximadamente 500 mil euros […] mas foi vetado porque tem 33 anos e poucos gols”, disse Alexandre Mattos em conversa vazada no WhatsApp.

E foi justamente por conta disso – principalmente a idade e os poucos gols – que o Vasco não contratou o jogador no início deste ano, pouco antes de o Corinthians fazer isso. De acordo com o GE, o Timão – que não divulgou valores – ficou com 70% dos direitos econômicos do atleta, mantendo os outros 30% com o Inter.

Comentários estão fechados.