Roberto Carlos nem citou o Corinthians ao revelar seu time do coração no Brasil

Roberto Carlos é referência até os dias de hoje, no futebol brasileiro e mundial. Considerado por muitos como o melhor de sua geração na sua posição, é também considerado o lateral-esquerdo mais ofensivo da história do futebol.

Conquistou ao longo de sua carreira uma história pela Seleção Brasileira, sendo titular absoluto na lateral-esquerda durante as Copas do Mundo FIFA de 1998, 2002, sendo neste último ano, pentacampeão mundial, além de participar também da Seleção Brasileira de 2006.

Roberto Carlos faz parte de um grupo seleto de onze jogadores que conquistaram a Champions League e a Copa do Mundo no mesmo ano, sendo o único jogador sul-americano da lista. Além disso, Roberto Carlos foi nomeado na equipe All-Star da Copa do Mundo da FIFA em 1998 e 2002, sendo escolhido para o Time dos Sonhos da Copa do Mundo FIFA e, em 2004, foi nomeado para o FIFA 100, uma lista elaborada por Pelé com os melhores jogadores vivos do mundo.

Em entrevista concedida ao OneFootball, Roberto Carlos falou sobre sua carreira no futebol. O ex-lateral esquerdo da Seleção Brasileira afirmou que gostaria de ter jogador no Santos e declarou que o Peixe é o seu time do coração. “Eu sou santista, e nunca joguei no Santos”, comentou o ex-lateral.

Roberto Carlos defendeu o Corinthians em 2010 e 2011, jogou apenas em 64 jogos, marcando somente 5 gols. Além do Timão, o ídolo brasileiro jogou também pelo Palmeiras e também vestiu a camisa do Atlético Mineiro. Na Europa, ele passou por Inter de Milão, Real Madrid, Fenerbahçe e Anzhi.

Pelo Corinthians, até começou bem em 2011, mas após a precoce eliminação do Timão na primeira fase da Copa Libertadores, em 11 de fevereiro, Roberto Carlos anunciou sua saída do Corinthians. Segundo o jogador, ele alegou que recebeu ameaças vindas de alguns torcedores, então optou por fazer uma rescisão amigável com o clube, alegando que esta seria a melhor decisão para ele e sua família.

Comentários estão fechados.