Ronaldo Giovanelli manda a real e diz se Cássio falhou novamente

Que a fase atual do goleiro Cássio já não é como antes, ninguém discorda. Boa parte da Fiel torcida, porém, vai um pouco além e diz que o ciclo do histórico arqueiro alvinegro já está próximo do fim, e que o camisa 12 do Timão merece ir para o banco de reservas. Para piorar, o gol de empate que o Corinthians sofreu no jogo da última terça-feira (02) deixou muitos torcedores sem dormir.

Para Ronaldo Giovanelli, ídolo do Corinthians e especialista no assunto, Cássio teve certa culpa no gol sofrido, mas também pouco pode fazer por toda a jogada criada pelo time adversário. O Timão, agora, se prepara para receber o Nacional, do Paraguai, na segunda rodada do Grupo F da Copa Sul-Americana.

António Oliveira deve bancar Cássio, que seguirá como titular

O Corinthians receberá os paraguaios do Nacional, na Neo Química Arena, no dia 9 de abril (terça-feira), e precisa da vitória para seguir vivo no torneio continental. Até por isso, o técnico António Oliveira pouco deve mexer na equipe que voltará a campo no início da próxima semana.

E Cássio, mesmo criticado por parte da Fiel torcida, deve seguir no time titular. Mesmo contestado, o camisa 12 já atuou em 13 dos 16 jogos do clube nesta temporada, sofrendo 14 gols – possuindo uma média superior a uma bola na rede por partida.

“A única falha dele (Cássio) foi cair dentro do gol, mas o jogador (do Racing) estava muito perto, não dava (para defender)”, analisou Ronaldo, sobre o tento de empate sofrido pelo Corinthians – e marcado por Alaniz – já na reta final do duelo contra o time uruguaio, em Montevidéu.

Comentários estão fechados.