São Paulo entra na briga por queridinho da torcida do Timão

O goleiro Walter, que está atuando pelo Cuiabá, é um dos nomes cotados para reforçar a equipe comandada por Rogério Ceni. Além do São Paulo, Grêmio e Vasco também possuem interesse em contar com o ex-Corinthians na próxima temporada.

O desejo do São Paulo por Walter é antigo. Em 2017, o Tricolor Paulista sondou a situação do goleiro, que estava na reserva de Cássio no Corinthians, e se ofereceu a pagar 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões, na cotação da época), de acordo com o UOL Esporte. Porém, o então presidente Roberto de Andrade vetou a saída do atleta.

Walter admitiu que caso o clube seja rebaixado à Série B, ele deverá sair da equipe cuiabana. “Meu contrato é por metas. Se ficar na Série A e jogar 60% dos jogos, meu contrato automaticamente renova. Então tem essa cláusula. Se não ficar na Série A, meu contrato expira e eu acabo ficando livre no mercado.”, disse. 

“Mas não é isso que quero, quero permanecer aqui, vim para fazer legado, para estar junto com a equipe. Me tiraram do Corinthians para vir para cá por causa do projeto, e estou empenhado neste projeto”, completou Walter.

Pelo Cuiabá, o goleiro, de 34 anos, atuou em 89 partidas, conquistando o bicampeonato do Mato-Grossense em 2021 e 2022, além da permanência na Série A no ano passado.

Walter com a camisa do Timão

Já pelo Corinthians, Walter participou em 91 jogos, com cinco títulos conquistados: Paulista 2019, 2018 e 2017, Brasileirão 2017 e 2015. O atleta estreou no Timão em outubro de 2013, ficando por quase oito temporadas no clube. Walter foi emprestado ao Cuiabá até o final de 2021, mas o jogador seguiu no clube do Mato Grosso.

Comentários estão fechados.