Sensação da Premier League será carta na manga para António Oliveira em 2024

O Corinthians vive ‘dias melhores’ após um início desastroso no Campeonato Paulista que o levou a tão temida zona de rebaixamento da competição. Com a chegada de António Oliveira ao comendo técnico, o Timão mudou da ‘água pro vinho’ em sua atuação dentro de campo e a torcida pode voltar a sonhar com a possibilidade de uma vaga para as quartas de final do Paulistão.

A atuação de António Oliveira nos bastidores da equipe tem sido uma das chaves de mudança de postura na equipe alvinegra. É costume do treinador ter conversas particulares com os atletas para poder trocar ideias e gerar uma confiança particular entre eles.

Um dos assuntos mais conversados entre o treinador e seus jogadores é a tática de jogo. António Oliveira sempre procura melhorias para a equipe buscando entender individualmente cada situação e o técnico não esconde suas inspirações. Uma das referências mais ouvidas no dia a dia no Centro de Treinamento Dr. Joaquim Grava é Roberto De Zerbi, elogiado na Premier League pelo trabalho feito no Brighton.

O italiano, inclusive, é um dos principais nomes cotados para assumir o Liverpool após a saída de Jürgen Klopp que já declarou que irá se aposentar no final da temporada. O treinador é uma das grandes inspirações para António Oliveira e o cita com frequência dentro do Corinthians quando fala sobre tática de jogo.

Além das discussões táticas, outra atitude adotada pelo treinador português desde que chegou ao Corinthians, tem sido estreitar a proximidade de nomes mais experientes no elenco, como Cássio, Fagner e Maycon. O trio sofreu fortes críticas durante o dramático início de temporada do Timão, que resultou na demissão de Mano Menezes do comando técnico do Corinthians.

Para António Oliveira, os experientes jogadores são peças fundamentais para que os novos atletas que vestem a camisa do Corinthians entendam a dimensão do que é pertencer ao clube com a maior torcida do Brasil.

Comentários estão fechados.