Time que acionou o Corinthians na FIFA vai precisar vencer disputa dentro de campo

O Corinthians terá pela frente, na Copa Sul-Americana desta temporada, um adversário mais do que especial. Vencer esse time, especificamente para a diretoria atual do Timão, virou mais do que obrigação. Afinal, a briga entre os clubes saiu da esfera esportiva e foi parar até na entidade máxima do futebol.

Trata-se do Argentinos Juniors, clube que venceu o volante Fausto Vera ao Corinthians em 2022, mas acionou o clube na FIFA por não ter recebido parte dos pagamentos. Em meio a tudo isso, o clube argentino ainda ajudou a eliminar o Timão da Libertadores do ano passado.

Dívida por Vera afastou Redondo do Corinthians

A briga do Corinthians com o Argentinos Juniors foi além do futebol, por conta da negociação envolvendo a compra do volante Fausto Vera. Condenado pela FIFA a pagar os R$ 17 milhões que deve ao clube do país vizinho, o Timão viu sua relação com o adversário só piorar.

Se antes as conversas eram mais amigáveis com a cúpula do time argentino, agora – desde que a diretoria hermana acionou a FIFA – a conversa mudou de tom. O presidente do Argentinos Juniors, Cristian Malaspina, inclusive, já chamou o Corinthians de “vergonha”. Isso atrapalhou, inclusive, no interesse do Timão em Federico Redondo, que acabou saindo para atuar com Lionel Messi no Inter Miami.

No Grupo F da Copa Sul-Americana desta temporada, o Corinthians terá pela frente confrontos de ida e volta contra Argentinos Juniors (Argentina), Racing (Uruguai) e Nacional (Paraguai). A estreia do clube está programada para a semana do dia 3 de abril, mas a Conmebol ainda vai divulgar o calendário oficial da competição. Somente o líder da chave avança diretamente às oitavas.

Comentários estão fechados.