Valorização da camisa deixa o Corinthians em posição de destaque no cenário nacional

O Corinthians é uma das equipes de futebol mais tradicionais e respeitadas no cenário brasileiro. Além disso, conta com uma enorme torcida que, juntos, formam o “Bando de Loucos” representando uma das maiores torcidas do mundo.

O Corinthians ocupa a terceira colocação na lista de times que mais lucram com camisas. A equipe alvinegra conta com um bom rendimento financeiro em torno dos uniformes que é disputada por diversas marcas, mas, atualmente, a Nike é a parceira, há mais de 20 anos.

Apesar de algumas especulações sobre a possibilidade do fim de contrato com a Nike, o presidente do Corinthians, Augusto Melo, demonstrou interesse em permanecer com a marca norte-americana para as próximas temporadas, mesmo com o possível interesse da Puma em patrocinar o clube.

O Corinthians é a 3ª equipe que mais lucra com camisas, de acordo com informações fornecidas pelo jornalista Jorge Nicola, e seu canal do YouTube. Atualmente, esse valor gira em torno de R$ 30 milhões por ano. Entretanto, a diretoria alvinegra deseja um reajuste para continuar a parceria com a Nike.

O atual vínculo da Nike é válido até dezembro de 2024, mas existe uma cláusula de prorrogação do contrato até 2029, caso ambas as partes desejem continuar. Ainda segundo Jorge Nicola, o presidente do Corinthians, Augusto Melo, espera ganhar o mesmo que o Flamengo, que é R$ 69 milhões por ano, o que seria mais que o dobro recebido pelo Timão atualmente, no ano.

Ainda há muitas dúvidas sobre a permanência ou não da Nike como patrocinadora do Corinthians para as próximas temporadas. Apesar de Augusto Melo já ter manifestado interesse em continuar, tudo irá depender das tratativas e conversas que ocorrerão ao longo do ano entre as partes. A gestão alvinegra entende que o clube merece uma valorização financeira, tendo em vista uma parceria de mais de 20 anos com a marca.

Comentários estão fechados.