Vivia emprestado pelo Corinthians e agora pode ser vendido por R$ 15 milhões

Anualmente, os clubes de futebol realizam contratações que no final acabam não dando certo e com o Corinthians não é diferente. Em 2019, o clube do Parque São Jorge acertou a chegada do atacante André Luís, que não se deu muito bem e passou a ser emprestado para diversas equipes.

Em 2020, o Timão emprestou o atleta para o Daejeon Hana, da Coréia do Sul, que sinalizou que iria realizar a compra do atacante. No entanto, após não efetuar o pagamento, acabou retornando para o Timão, para ser emprestado para o Atlético-GO, em 2021. Posteriormente, após encerrar seu vínculo com o clube do Parque São Jorge, chegou de graça ao Cuiabá, para a temporada de 2022.

Agora, de acordo com o jornalista Venê Casagrande, o Jeonbuk Hyundai, da Coréia do Sul, irá comprar o atacante por cerca de US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 15 milhões na cotação atual). Ao que tudo indica, o Timão ainda manteve 25% dos direito econômicos do atleta e terá porcentagem em cima da venda do atleta.

Apesar de não ter conseguido convencer no Corinthians, André Luís teve bom desempenho nas outras equipes que passou. Antes de chegar ao clube do Parque São Jorge, se destacou na Ponte Preta. Em 2019, ano de sua chegada, passou a ser emprestado. Desta forma, acumulou passagens por: Atlético-GO, Daejeon Hana, da Coréia do Sul, e Fortaleza.

Pelo Timão, realizou apenas seis partidas, sem ter marcado nenhum gol sequer. Mesmo assim, é considerado campeão do Paulistão de 2019, por ter feito parte do elenco.

Comentários estão fechados.